Vitória da Conquista vai ganhar três hotéis e planetário
A Cidade Digital é outro projeto do governo

Vitória da Conquista não para de crescer. Prova disso é que o município terá a primeira representação da Ademi-BA no interior baiano. “O mercado imobiliário em Vitória da Conquista vive um momento impar”, confirma Pedro Pithon Batista, diretor da PEL, construtora com cerca de 1 mil unidades em construção na cidade. As dez construtoras que operam no mercado local erguem 7,5 mil moradias, segundo a Caixa Econômica Federal. A expansão do setor, além de atrair a atenção de construtoras de Salvador, fez com que o preço dos terrenos no município triplicassem, nos últimos quatro anos.

A cidade, que terá até novembro o maior shopping do interior do Norte e Nordeste do país, num investimento de R$ 50 milhões, também vai ganhar mais três grandes hotéis. Um deles, que vem sendo construído próximo ao shopping em expansão, levará a bandeira Ibis. Serão 110 apartamentos, com previsão de entrega em 2012. O outro pertence à Construtora E2 Engenharia, que está investindo cerca de R$ 14 milhões para erguer um quatro estrelas com 96 suítes e um salão para eventos com capacidade para 300 pessoas. Um empresário da cidade também iniciou a construção de um empreendimento de dez andares, com 236 apartamentos, e salão de eventos para 500 pessoas, com expectativa de investimento acima dos R$ 18 milhões. “O capital não dá viagem errada. Só vai onde se reproduz”, destaca o prefeito do município, Guilherme Menezes.

Referência – Vitória da Conquista não quer ser apenas um polo comercial ou de turismo. O município, que conta duas universidades publicas (Uesb e Ufba) e três faculdades privadas, que atraem cerca de 20 mil estudantes, quer ser referência na área educacional. De olho nisso, a prefeitura está montando a Cidade da Ciência, complexo para difusão de conhecimento e formação científica e tecnológica ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

O projeto também prevê a construção de um planetário, o segundo do Estado (o outro está em Feira de Santana). “O país perde muita inteligência para o crime”, observa Guilherme Menezes, defensor do crescimento econômico pela educação. A expectativa do governo é iniciar as obras em outubro, com inauguração para junho de 2012, num orçamento geral estimado em R$ 3 milhões. Um edital para aquisição dos equipamentos do planetário deverá ser publicado já este mês, adianta.

A Cidade Digital é outro projeto do governo. A ideia é colocar sinal de internet em todas as unidades de saúde e educação do município, além de residenciais de famílias que ganham até 5 salários mínimos. O projeto já foi posto em prática no distrito de José Gonçalvez, localizado a 30 minutos da capital. A expectativa do prefeito Guilherme Menezes é globalizar o sinal até meados de 2012. Já foram investidos R$ 600 mil na implantação das torres que vão transmitir o sinal de internet. ” Conquista é uma das cidades que mais se desenlvolve no país e a prefeitura tem que acompanhar esta expansão”,  acentua.

TEXTO GENTE & MERCADO

Fonte: Blog do Fábio Sena

Av. Luís Eduardo Magalhães, 671, Candeias

Vitória da Conquista/BA

77 3424-6990

Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter e fique informado sobre nossos projetos

© Copyright 2017. CRJ Engenharia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Ideia Clique